Casamento: O projecto; CPM; Orientações; Leituras

REFLECTINDO O PROJECTO...

O casamento e o diálogo

O homem e a mulher são diferente sem termos físicos, psiquícos e afectivos.
O diálogo aproxima as pessoas e gera consensos.

Somos capazes de um diálogo sereno e constructivo?

-----------------------------------------------

O casamento pela Igreja

O casamento pela Igreja deve resultar de uma coerência de vida.
Além disso, traz complicações para o casal e para a educação dos filhos.

Quais são as razões que nos levam a casar pela Igreja?

------------------------------------------------

A sexualidade

O homem e a mulher são dois seres complementares,
A sua realização passa pela comunhão de vida do amor conjugal- amor humano, total e fiel.

Estamos dispostos a viver a nossa entrega numa fidelidade absoluta?

------------------------------------------------

Abertura do casal aos outros

O amor, é por natureza, fecundo.
O amor conjugal é um amor realizador, aberto à vida e aos outros- sociedade civil, Igreja...

Como vamos concretizar a nossa fecundidade?

-----------------------------------------------

A vida de casados

O casamento coloca-nos perante uma nova situação.
A partilha da liberdade é uma das exigências da vida conjugal.

O que é que cada um de nós vai ter de mudar em ordem à nossa comunidade?

-----------------------------------------------

O projecto que vamos construir

A sua execução resulta da capacidade de diálogo em casal.
Dialogar, ceder, perdoar... são os caminhos do sucesso do casamento, que se deseja para toda a vida.

Em que medida contamos com a ajuda de Deus, face às nossas fragilidades?



O QUE É O CPM?


CPM ( centro de preparação para o matrimónio) - é um movimento de leigos católicos, assistidos por sacerdotes, que tem como finalidade principal a
promoção de sessões de preparação de noivos para o matrimónio.

Caracteriza-se por uma pedagogia e metodologias próprias, assentes na
Revisão de vida e no Testemunho vivencial de casais católicos, e apoiadas na reflexão e diálogos conjugais.

Nasceu em França, em 31 de Janeiro de 1956, e está em Portugal desde 20 de Março de 1960.
Tem estatutos aprovados pela Conferência Episcopal Portuguesa, em 10 de Abril de 1991, e está implantado em quase todas as Dioceses.

Portugal integra a FICPM ( Federação Internacional do Centros de Preparação para o Matrimónio), como membro activo, em conjunto com a Bélgica, Canadá, Eslovénia, Espanha, França, Holanda, Itália, Luxemburgo, Madagáscar e Suiça.




ORIENTAÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DE CASAMENTOS


I- Local, data e hora do casamento

1. Por motivos de disponibilidade, salvo algumas excepções, o pároco só poderá presidir a casamentos aos Sábados.

2. Na Quaresma, dado o cariz do tempo litúrgico, devem-se evitar as celebrações matrimoniais.

3. No Sábado Santo não se realizam casamentos.

4. Compete ao pároco definir a hora e o modo de realização da cerimónia no que respeita à liturgia.

5. Em princípio, em cada Sábado, só poderá haver uma cerimónia de casamento em cada paróquia. Assim, se mais de um casal de noivos pretender casar no mesmo dia numa das paróquias a cerimónia poderá ter de ser no mesmo local e à mesma hora, cabendo ao pároco a responsabilidade de definir como deverá ser feito.

6. Os noivos devem comunicar ao pároco a sua intenção de casar com seis meses de antecedência.

7. O local dos casamentos é habitualmente, a Igreja Paroquial.

8. Os casamentos realizados em capelas serão acrecidos de uma taxa moderadora no valor de 25 Euros para paroquianos, e 50 Euros para não paroquianos.

9. O pároco não tem qualquer compromisso ou responsabilidade com casamentos de paroquianos realizados fora da sua paróquia.

-------------------------------------------

II- Processo religioso e preparação

10. Podem casar 'pela Igreja' todos os católicos que não estejam abrangidos por qualquer impedimento canónico.

11. Os noivos devem participar nos encontros para o matrimónio (CPM).

12. O processo canónico para o casamento deve ser iniciado com três meses de antecedência da data do casamento, devendo ser pagos no momento os custos do mesmo.

13. Os noivos também se devem preparar religiosamente e espiritualmente para a cerimónia, uma vez que se trata de um casamento católico. Nomeadamente devem confessar-se.

14. Quem não tem uma vida católica consciente deverá também tentar aproximar-se da vida da comunidade paroquial e da fé. Devem, até participar em encontros de catequese de adultos.

-------------------------------------------

Processo Civil

15. O processo civil deve ser iniciado com três meses de antecedência. Caso já estejam casados pelo civil, apenas têm de apresentar ao pároco a certidão de casamento civil.

16. Os nubentes, que residem no estrangeiro, devem preparar todo o processo tanto civil como religioso no país de residência.

-------------------------------------------

III- Ornamentações e arranjos florais

17. Os noivos podem enfeitar o local da celebração desde que comuniquem às pessoas que habitualmente têm essa tarefa, que o pretendem fazer, nomeadamente à cordenadora de zona.

18. Por motivos de conservação não se podem utilizar 'pionezes' ou outros materiais que deteriorem os bancos ou outros apetrechos da Igreja Paroquial ou Capela.

19. Caso haja mais de um casamento os noivos devem fazer uma só ornamentaçaõ em conjunto.

20. Todos os arranjos florais que forem utilizados na cerimónia do casamento devem ficar nos locais onde foram colocados. Apenas se devem tirar as flores colocadas, habitualmente ao longo do corredor principal.

21. A utilização do arroz como 'praxe' dos convidados à saída do templo foi introduzida em Portugal pelos franceses. Este hábito recente foi, por sua vez, introduzido na Europa pelos imigrantes chineses que assim manifestavam os seus votos de felicidades e de abundância aos noivos (tanto material como no número de filhos).

a)- Apesar de não se conseguir po fim a esta situação, (até porque é bom aos mini-mercados venderem uns quilos de arroz extra e muitos convidados terem alguma coisa que fazer enquanto decorre a cerimónia religiosa), é minimamente exigível que ninguém lance arroz para dentro do local da cerimónia, bem como que este seja imediatamente limpo por alguém a quem os noivos incubam essa tarefa.

b)- Os noivos são responsáveis por repôr tudo na devida ordem. Caso não o façam ficam com o pecado de não o terem feito. Deveriam, contudo, pagar uma coima no mínimo de 100 Euros pelo trabalho que alguém terá em limpar e, sobretudo pelos aborrecimentos que tal facto causa às pessoas que mais gratuitamente trabalham para o bem da comunidade.

-----------------------------------------

IV - A Celebração

22. Os noivos devem procurar realizar uma celebrãção litúrgica com toda a dignidade e decoro. Devem procurar que haja um coro com experiência litúrgica que cante nos momentos próprios, cânticos apropriados.

23. Se na cerimónia houver uma equipa de profissionais de fotografia e/ou vídeo, ninguém mais poderá sair dos bancos para tirar fotografias ou fazer filmagens.

------------------------------------------

V - Fotografia e Vídeo

24. Os professionais de fotografia e de vídeo têm liberdade de movimentos desde que eles não sejam espalhafatosos ou perturbadores ao bom decorrer da cerimónia.

25. A presença dos profissionais de fotografia e de vídeo deve ser digna, discreta e elegante, mesmo no que diz repeito a equipamentos e vestuário ( nunca com pastilhas elásticas na boca, casacos de 'caçadores', calções, ou equipamentos desnecessariamente barulhentos).

26. Caso algum profissional não cumpra estas exigências poderá ficar impedido, pelo pároco, de exercer a sua profissão tanto na própria cerimónia como em outras futuras.

-------------------------------------------

VII - Disposições finais

27. Os noivos que, por qulquer motivo, não acatarem estes príncipios têm a permissão do pároco para convidar outro padre a presidir ao casamento. Contudo, não invalida que toda a preparação e toda a organização do processo seja feita na maior normalidade e sejam comunicados ao pároco todos os dados necessários para que ele possa dar a devida jurisdição ao oficiente.

28. O trabalho do pároco é gratuito para os nubentes residentes na paróquia e não carece de qualquer pagamento caso as pessoas em causa colaborem habitualmente com dávidas para a igreja paroquial. Contudo, os noivos devem pagar as despesas inerentes à preparação dos processos de casamento bem como as despesas dos padres que, por ventura, venham a presidir ao matrimónio.

29. Todas outras orientações omitidas serão dadas pelo pároco caso a caso.




LEITURAS BIBLÍCAS PARA CASAMENTOS

Apresentam-se diversas leituras que poderão ser escolhidas para a celebração do matrimónio. Para a mesma celebração devem ser escolhidas uma leitura do Antigo Testamento e outra do Novo Testamento:



Leituras do Antigo Testamento:


Gen(1,26-28.31a)

Leitura do Livro do Génesis

Disse Deus: "Façamos o homem á nossa imagem e semelhança.
Domine sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos, sobre os animais selvagens e sobre todos os réptéis que rastejam pela terra".

Deus criou o homem à sua imagem, criou-o á imagem de Deus. Ele os criou homem e mulher. Deus nabençou-os e disse-lhes:" Crescei e multiplicai-vos; enchei e dominai a terra. Dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se movem na terra".

Deus viu tudo o que tinha feito: era tudo muito bom.

Palavra do Senhor

----------------------------------------------------

(Gen 2, 18-24)

Leitura do Livro do Génesis

Disse o Senhor Deus: "Não é bom que o Homem esteja só: vou dar-lhe uma auxiliar semelhante a ele".

Então o Senhor Deus, depois de ter formado da terra todos os animais do campo e todas as aves do céu, conduzio-os até junto do homem, para ver como ele os chamaria, a fim de que todos os seres vivos fossem conhecidos pelo nome que o homem lhes desse.

O homem chamou pelos seus nomes todos os animais domésticos, todas as aves do céu e todos os animais do campo. Mas não encontrou uma auxiliar semelhante a ele.

Então o Senhor Deus fez descer sobre o homem um sono profundo e, enquanto ele dormia, tirou-lhe uma costela, fazendo crecer a carne em seu lugar. Da costela do Homem o Senhor Deus formou a mulher e apresentou-a ao homem.

Ao vê-la, o homem exclamou: "Esta é realmente osso dos meus ossos e carne da minha carne.
Chamar-se-à mulher, porque foi tirada do homem".

Por isso, o homem deixará pai e mãe para se unir à sua esposa, e serão uma só carne.

Palavra do Senhor
----------------------------------------------------

(Gen.24, 48-51. 58-67)

Leitura do Livro do Génesis

Naqueles dias, o servo de Abraão disse a Labão: " Eu prostei-me em adoração e louvei o Senhor, Deus de meu amo Abraão, que me conduziu pelo recto caminho, a fim de escolher a sobrinha do meu amo para mulher de seu filho.

Agora, se quereis usar de benevolência e fidelidade para com meu amo, dizei-mo. Se não dizei-mo também, e dirigir-me-ei para a direita ou para a esquerda".

Labão e Batuel responderam: " É do Senhor que tudo isto vem. Nós nada podemos dizer-te. Aqui está Rebeca. Toma-a e parte, para que ela seja esposa do teu amo, segundo a palavra do Senhor".

Chamaram Rebeca e perguntaram-lhe: " Queres ir com este homem?".

"Sim", repondeu ela.

Despediram-se então de Rebeca, com sua ama, o servo de Abraão e seus homens, e abençoaram
Rebeca, dizendo: " És nossa irmã: possas tu vir a ser mãe de um grande povo e a tua descendência triunfe dos seus inimigos."

Rebeca e as servas levantaram-se e, montadas em camelos, seguiram o homem; e o servo que conduzia Rebeca pôs-se a caminho.

Isaac regressara do poço de Lacai-Roi e residia no Negueb. Um dia, ao cair da tarde saiu a dar uma volta pelos campos, ergueu os olhos e viu camelos que se aproximavam. Também Rebeca levantou os olhos e, vendo Isaac, desceu do camelo e perguntou ao servo:

"Quem é aquele homem que vem pelo campo ao nosso encontro?"

"É o meu amo", repondeu o servo.

Imediatamente Rebeca se cobriu com o véu.

O servo contou a Isaac tudo o que tinha feito. Depois Isaac conduziu Rebeca à tenda da Sara, sua mãe, recebendo-a por esposa e amou-a. Assim foi consolado da morte da sua mãe.

Palavra do Senhor
----------------------------------------------------

(Tob.7, 6-14)

Leitura do Livro de Tobias

Naqueles dias, Raquel levantou-se e beijou Tobias, chorando de comoção. Depois abençoou-o dizendo: " Bendito sejas tu, filho de tão bom e digno pai! Oh triste infelicidade, ter ficado cego um homem tão justo e tão carinhoso!". Lançou-se ao pescoço de Tobias, seu parente, e continuou a chorar. Também Edna, sua esposa, chorava, bem como Sara, sua filha.

A segiur, mataram um carneiro do rebanho e ofereceram-lhes cordial hospedagem.

Depois de se terem lavado e sentado à mesa, Tobias disse a Rafael: " Irmão Azarias, pede a Raquel que me dê por esposa Sara, minha prima".

Raquel ouviu estas palavras e disse ao jovem: "Come, bebe e passa a noite tranquilo, porque ninguém tem mais direito de receber como esposa minha filha Sara, do que tu, meu irmão, nem eu tenho o direito de a entregar a outro senão a ti, porque és o meu parente mais próximo.

Devo, contudo, dizer-te a verdade, filho: já a dei a sete maridos da nossa linhagem e todos morreram na noite em que dela se aproximaram. Mas agora, filho, come e bebe".

Tobias, porém respondeu: " Não comerei nem beberei antes que resolvas a minha situação".

Disse Raquel: "Toma-a desde este momento, segundo a sentença do livro de Moisés; pelo próprio Céu foi decidido que ela te seja entregue. Leva a tua prima para casa; doravante serás seu irmão e ela tua irmã. A partir de hoje, ela te pertence para sempre. E o Senhor do Céu, meu filho, vos faça felizes esta noite e vos conceda misericórdia e paz".

A seguir, Raquel chamou Sara, sua filha, e ela aproximou-se; tomando-a pela mão, entregou-a a Tobias, dizendo: "Toma-a por esposa, segundo a lei do decreto do livro de Moisés". Só então começaram a comer e a beber.

Palavra do Senhor

----------------------------------------------------

(Tob.8, 4b-8)

Leitura do Livro de Tobias

Na noite do casamento, Tobias disse a Sara: " Levanta-te minha irmã; vamos rezar, pedindo ao Senhor que nos conceda a sua misericórdia e a sua protecção".

Ela levantou-se e começaram a rezar para obter misericórdia e protecção.

Disse Tobias: "Bendito sois, Deus dos nossos pais. Bendito é o vosso nome por todas as gerações. Louvem-vos os céus e todas as criaturas, por todos os séculos. Vós criastes Adão e lhes destes Eva por esposa, como auxílio e amparo; e de ambos nasceu o género humano. Vós dissestes:
'Não é bom que o homem esteja só: "façamos-lhe uma auxiliar semelhante a ele'.

Senhor, bem sabeis que não é por paixão, mas com intenção pura, que tomo a minha prima por esposa. Tende piedade de mim e dela fazei que cheguemos juntos a uma ditosa velhice".

Palavra do Senhor

---------------------------------------------------

(Prov.31, 10-13. 19-20. 30-31)

Leitura do Livro dos Provérbios

Quem poderá encontrar uma mulher virtuosa? O seu valor é maior que o das pérolas. Nela confia o coração do marido e jamais lhe falta coisa alguma. Ela dá-lhe bem-estar e não desventura em todos os dias da sua vida.

Procura obter lã e linho e põe mãos ao trabalho alegremente. Toma a roca em suas mãos, seus dedos manejam o fuso.

A graça é eganadora, e vã a beleza; a mulher que teme o Senhor é que será louvada. Dai-lhe o fruto das suas mãos, e suas obras a louvem às portas da cidade.

Palavra do Senhor

---------------------------------------------------

(Ct.2, 8-10. 14. 16a; 8, 6-7a)

Leitura do Livro do Cântico dos Cânticos

Eis a voz do meu amado. Ele aí vem, transpondo as montanhas, saltando sobre as colinas. O meu amado é semelhante a uma gazela ou ao filhinho da corça. Ei-lo que está por detrás do nosso muro, a olhar pela janela, a espreitar através das grades.

O meu amado ergue a voz e diz-me " Levanta-te minha amada, formosa minha, e vem. Minha pomba, escondida nas fendas dos rochedos, ao abrigo das encostas escarpadas, mostra-me o teu rosto, deixa-me ouvir a tua voz. A tua voz é suave e o teu rosto encantador".

O meu amado é para mim e eu sou para ele.

Ele disse-me: "Põe-me como um selo sobre o teu coração, como um selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte e a paixão é violenta como o abismo. Os seus ardores são setas de fogo, são chamas divinas. As águas divinas não podem apagar o amor, nem os rios o podem submergir".

Palavra do Senhor
------------------------------------------------

(Ben.26, 1-4. 16-21)

Leitura do Livro de Ben-Sirá

Feliz o homem que tem uma mulher virtuosa, porque será dobrado o número dos seus dias. A mulher forte é a alegria do seu marido: passará em paz os anos da sua vida. A mulher virtuosa é uma sorte excelente: é o prémio dos que temem a Deus e será dada ao homem pelas suas boas acções. Rico ou pobre, o seu coração será feliz e o seu rosto mostrar-se-á sempre alegre.

A graça da esposa diligente alegra o seu marido e a sua sabedoria revigora-lhe os ossos. é um dom de Deus a mulher sensata e silenciosa: nada há que valha a mulher bem educada. A mulher santa e honesta é uma graça inestimável, e não tem preço uma alma casta.

Como o sol que brilha no alto dos céus, assim é a beleza da mulher virtuosa, como ornamento da sua casa.

Palavra do Senhor
------------------------------------------------

(Jer.31, 31-32a. 33-34a)

Leitura do Livro do Profeta Jeremias

Dias virão, diz o Senhor, em que establecerei com a casa de Israel e com a casa de Judá uma aliança nova. Não será como a aliança que firmei com seus pais, no dia em que os tomei pela mão para os tirar da terra do Egipto.

Esta é a aliança que establecerei com a casa de Israel, depois daqueles dias, diz o Senhor. Hei-de imprimir a minha lei no íntimo da sua alma e gravá-la-ei no seu coração. Eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Não terão já de se instruir uns aos outros, nem dizer cada um a seu irmão: 'Aprende a conhecer o Senhor'. Todos eles Me conhecerão, desde o maior ao mais pequeno, diz o Senhor.

Palavra do Senhor

-------------------------------------------------

Leituras do Novo Testamento

-------------------------------------------------

(Rom.8, 31b-35. 37-39)

Leitura da Epístola de São Paulo aos Romanos


Irmãos: Se Deus está por nós, que está contre nós?

Deus, que não poupou o seu próprio Filho, mas O entregou à morte por todos nós, como não havia de nos dar, com Ele, todas as coisas?

Quem acusará os eleitos de Deus? Deus, que os justifica? E quem os condenará? Cristo Jesus, que morreu e, mais ainda, ressuscitou e está à direita de Deus e intercede por nós?

Quem poderá separar-nos do amor de Cristo? A tribulação, a angústia, a perseguição, a fome, a nudez, o perigo ou a espada?

Mas em tudo isto somos vencedores, graças Àquele que nos amou. Na verdade, eu estou certo que nem a morte, nem a vida, nem os Anjos, nem os Principados, nem o presente, nem o futuro, nem as Protestades, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que se manifestou em Cristo Jesus, nosso Senhor.

Palavra do Senhor

--------------------------------------------------

(Rom.12, 1-2. 9-18 ou 1-2. 9-13)

Leitura da Epístula de São Paulo aos Romanos

Peço-vos, irmãos pela misericórdia de Deus, que vos ofereçais a vós mesmos como vítima santa, viva, agradável a Deus. Tal é o culto que Lhe deveis prestar.

Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para saberdes discernir, segundo a vontade de Deus, o que é bom, o que Lhe é agradável, o que é perfeito.

Seja a vossa caridade sem fingimento. Detestai o mal e aderi ao bem. Amai-vos uns aos outros com amor fraterno. Rivalizai uns com os outros na estima recíproca.

Não sejais indolentes no zelo, mas fervorosos no espírito. Dedicai-vos ao serviço do Senhor. Sede alegres na esperança, pacientes na tribulação, preserverantes na oração. Acudi com a vossa parte às necessidades dos cristãos; praticai generosamente a hospitalidade.

Bendizei aqueles que vos perseguem; abençoai e não os amaldiçoeis. Alegrai-vos com os que estão alegres, chorai com os que choram. Tende os mesmos sentimentos uns para com os outros.
Não aspireis às grandezas, mas conformai-vos com o que é humilde. Não vos considereis como sábios. Naõ pagueis o mal com o mal, mas preocupai-vos em praticar o bem diante de todos os homens. Se for possível, quanto de vós depende, vivei em paz com todos.

Palavra do Senhor

----------------------------------------------------

(Rom.15, 1b-3a. 5-7.13)

Leitura da Epístola de São Paulo aos Romanos


Irmãos: Não devemos procurar a própria satisfação, mas procure cada um de vós agradar ao próximo, para seu bem e edificação. Cristo não procurou o que Lhe era agradável .

O Deus da pacência e da consolação vos conceda que alimenteis os mesmos sentimentos uns para com os outros, segundo Cristo Jesus, para que, numa só alma e numa só voz, glorifiqueis a Deus, Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo. Acolhei-vos, portanto, uns aos outros, como Cristo vos acolheu, para glória de Deus.

O Deus da esperança vos encha plenamente de alegria e de paz na prática da vossa fé, para que abundeis na esperança, pela virtude do Espírito Santo.

Palavra do Senhor

------------------------------------------------

(Cor.6, 13c-15a. 17-20)

Leitura da Epístola de São Paulo aos Coríntios

Irmaõs: O corpo não é para a imoralidade, mas para o Senhor, e o Senhor para o corpo. Deus, que ressuscitou o Senhor, també nos ressiscitará a nós pelo poder.

Não sabeis que so vossos corpos são mebros de Cristo? Aquele que se une ao Senhor constitui com Ele um só Espírito.

Fugi da imoralidade. Qualquer outro pecado que o homem cometa é exterior ao seu corpo; mas o que pratica a imoralidade peca contra o próprio corpo.

Não sabeis que o vosso corpo é Templo do Espírito Santo, que habita em vós e vos foi dado por Deus? Não pertenceis a vós mesmos, porque fostes resgatados por grande preço: glorifica a Deus no vosso corpo.

Palavra do Senhor

-------------------------------------------------

(Cor.12,31-13,8a)

Leitura da Epístola de São Paulo aos Coríntios


Irmãos: Aspirai com ardor aos dons espirituais mais elevados. Vou mostrar-vos um caminho de perfeição que ultrapassa tudo.

Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver caridade, sou como bronze que ressoa ou como símbalo que retine.

Ainda que eu tenha o dom da profecia e conheça todos os mistérios e toda a ciência, ainda que eu possuaa virtude da fé, a ponto de transportar montanhas, se não tiver caridade, nada sou.

E ainda que reparta todos os meus haveres e entregue o meu corpopara ser queimado, se não tiver caridade, de nada me aproveita.

A caridade é paciente, a caridade é benigna; não é invejosa, não é altiva nem orgulhosa; não é inconveniente, não procura o próprio interesse; não se irrita nem guarda ressentimento; não se alegra com a injustiça, mas alegra-se com a verdade; tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

A caridade não acaba nunca.

Palavra do Senhor

------------------------------------------------

(Ef.4, 1-6)

Leitura da Epístola de São Paulo aos Efésios

Irmãos: Eu, prisioeiro pela causa do Senhor, recomendo-vos que vos comporteis segundo a maneira de viver a que fostes chamados: procedei com toda a humildade, mansidão e paciência; suportai-vos uns aos outros com caridade; empenhai-vos em manter a unidade de espírito pelo vínculo da paz.
Há um só Corpo e um só Espírito, como existe uma só esperança na vida a que fostes chamados.
Há um só Senhor, uma só fé, um só Baptismo.
Há um só Deus e Pai de todos, que está acime de todos, actua em todos e em todos se encontra.

Palavra do Senhor

------------------------------------------------

(Ef.)

Leitura da Epístola de S. Paulo aos Efésios

Irmãos: Caminhai na caridade, a exemplo de Cristo, que nos amou e se entregou por nós.

Sede submissos uns aos outros no temor de Cristo. As esposas submetam-se aos maridos como ao Senhor, porque o marido é a cabeça da esposa como Cristo é a cabeça da Igreja, seu corpo, do qual é o Salvador.

Ora, como a Igreja se submete a Cristo, assim também as esposas se devem submeter em tudo aos maridos.

Maridos, amai as vossas esposas como Cristo amou a Igreja e Se entregou por ela, a fim de a santificar, purificando-a no Baptismo da água pela palavra da vida, para a apresentar a Si mesmo como Igreja cheia de glória, sem mancha nem ruga, mas santa e imaculada.

Assim os maridos devem amar as suas esposas como a seus corpos. Quem ama a sua esposa ama-se a si mesmo. Ninguém de facto odiou jamais o seu corpo, antes o alimenta e lhe presta cuidados, como Cristo à Igreja; pois nós somos membros do seu Corpo.

Por isso, o homem deixará pai e mãe, para se unir à sua esposa, e serão os dois uma só carne. É grande este mistério, digo-o em relação a Cristo e à Igreja. Assim, portanto, cada um de vós ama a sua esposa como a si mesmo e a esposa respeite o marido.

Palavra do Senhor

-----------------------------------------------

(Col.3, 12-17)

Leitura da Epístola de São Paulo aos Colossenses

Irmãos: Como eleitos de Deus, santos e predilectos, revesti-vos de sentimentos de misericórdia, bondade, humildade, mansidão e paciência. Suportai-vos uns aos outros e perdoai-vos mutuamente, se algum tiver razão de culpa contra o outro. Tal como o Senhor os perdoou, assim deveis fazer vós também.

Acima de tudo, revesti-vos da caridade, que é o vínculo da perfeição.
Reine em vossos corações a paz de Cristo, à qual fostes chamados para formar um só Corpo. E vivei em acção de graças.

Habite em vós com abundânica a palavra de Cristo, para vos instruirdes e aconselhardes uns aos outros com toda a sabedoria; e com salmos, hinos e cânticos inspirados, cantai de todo o coração a Deus a vossa gratidão.

E tudo quanto fizerdes, por palavras ou por obras, seja tudo em nome do Senhor Jesus, dando graças por ele a Deus Pai.

Palavra do Senhor

-----------------------------------------------

(Heb. 13, 1-4a. 5-6b)

Leitura da Epístolo de São Paulo aos Hebreus

Irmãos: Permanecei firmes no amor fraterno. Não esqueçais a hospitalidade, porque, graças a ela, alguns, sem o saberem, hospedam Anjos.

Lembrai-vos dos prisioneiros, como se estivésseis presos com eles; lembrai-vos dos que são maltratados, porque vós também tendes um corpo.

O matrimónio seja honrado em todas as famílias e o leito conjugal sem mancha.

O vosso modo de proceder seja desinteressado, contentando-vos com o que possuís, porque Deus disse: "Eu não te abandonarei nem te desampararei", de modo a que possamos dizer confiadamente: " O Senhor é por mim: nada temo".

Palavra do Senhor

----------------------------------------------

(1Pe 3, 1-9)

Leitura da Epístola de São Pedro

Irmãos: As esposas sejam submissas aos seus maridos, para que, embora alguns recusem acreditar na palvra, eles sejam conquistados, sem palvra pelo procedimento das suas esposas, observando a vossa vida casta e respeitosa.

Não seja o seu adorno apenas exterior: cabelo frisados, adereços de ouro, vestidos elegantes; mas sim o ornamento interior e oculto do coração, a pureza incorruptível de um espírito suave e pacífico, que é precioso aos olhos de Deus.

Era assim que outrora se adornavam as santas mulheres que esperavam em Deus; viviam submissas aos seus maridos como Sara, que obedecia a Abraão, chamando-lhe seu Senhor. Dela sois filhas, se fizerdes o bem sem temor e sem perturbação alguma.

De maneira semelhante, os maridos convivam sabiamete com suas esposas, tratando-as com respeito, como seres mais frágeis; tenham consideração por elas, como herdeiras com eles da graça da vida. E assim nada virá a impedir as vissas orações.

Enfim, permanecei unidos nos mesmos sentimentos, na compaixão, no amor fraterno, na misericórdia e na humildade. Não pagueis o mal com o mal, nem injúria com injúria. Pelo contrário, abençoai, porque para isto fostes chamados, a fim de vos tornardes herdeiros da benção de Deus.

Palavra do Senhor

Sem comentários:

Enviar um comentário

Enviar um comentário